Joaquim Guilherme admite caminhar com Rogério Troncoso na próxima eleição

Onofre Garcia

O programa Morrinhos Alerta da Boas Novas FM, entrevistou o ex-prefeito de Morrinhos e ex-presidente da Complem, Joaquim Guilherme. Na oportunidade falou de política, informando que ainda continua inelegível, por conta de uma condenação, quando da construção do Lago Recanto das Araras. Está aguardando julgamento em última instância e o resultado pode sair ainda esse ano.

Joaquim Guilherme hoje filiado ao PSDB que é presidido pela a sua esposa, Eneida Figueiredo, disse que vai participar do processo eleitoral em Morrinhos. Defendeu a busca do entendimento com outros líderes partidários, que também comungam com o mesmo pensamento de promover o desenvolvimento do município, apresentando projetos inovadores e imprescindíveis para colocar a Cidade do Pomares num patamar de modernidade. Ele deixou claro que pode fazer parte de qualquer grupo político, menos com o de Tiago Mendonça, por questões de divergências de pensamentos. Mas para que tudo aconteça tem de haver muita conversa e entendimento.

Acrescentou que o PSDB tem um projeto importante para mostrar ao povo de Morrinhos, nos mais diversos segmentos social e econômico. E no momento certo isso será feito. Entende que o PSDB tanto pode ter pré-candidato a prefeito quanto a vice. Garantiu que Os Tucanos estão com chapa completa para disputar a eleição de vereador, com nomes de qualidade e boa densidade eleitoral. Deixou claro que também pode caminhar com o grupo de Rogério Troncoso, isso vai depender de acertos que precisam ser feitos. Joaquim Guilherme afirmou que o prefeito Rogério Troncoso deve liderar um grupo pluripartidário que pense Morrinhos, no entanto deve primeiro definir quem será o nome escolhido internamente, já que por enquanto conta com dois pré-candidatos, André Luiz-MDB e Tércio Menezes-PSD.

Governo de Goiás cancela temporada em toda extensão do Araguaia

Decreto proíbe, a partir de 1º de julho, aglomerações, acampamentos e atrações musicais ao longo do rio, tradicional destino turístico de Goiás durante as férias de julho. Medida se torna imprescindível em face da expansão no número de casos de Covid-19 no Estado, alerta secretário da Saúde, Ismael Alexandrino. Campanha pretende conscientizar sociedade para que evite se deslocar até região

A temporada de 2020 do Araguaia, tradicional destino turístico das férias de julho, está cancelada a partir de 1º de julho para evitar a expansão da pandemia de Covid-19 em Goiás. Decreto do Governo de Goiás, a partir de consultas a municípios, instituições públicas e entidades representativas da sociedade, proíbe a realização dos acampamentos, eventos como shows musicais, festas, caminhadas ecológicas, passeios ciclísticos, corridas, realização de espetáculos.

Também estão vedados o uso coletivo de beiras de rios, cachoeiras e praias formadas no Rio Araguaia e seus afluentes e a instalação de estruturas temporárias de restaurantes, bares, banheiros, pontos de apoio e quaisquer outras de atendimento a turistas e usuários em praias, beiras de rios e cachoeiras. O decreto foi assinado nesta quarta-feira (10/06) pelo governador Ronaldo Caiado.

O Governo de Goiás contará com o apoio das prefeituras, da Polícia Militar Ambiental, do Corpo de Bombeiros, da Goiás Turismo e da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) na fiscalização das atividades nas regiões próximas ao Araguaia durante o período de proibição. Como as medidas começam a valer no dia 1º de julho, até lá será feita uma campanha de orientação e conscientização junto à sociedade para que evite se deslocar até a região.

O secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, diz que a medida do Governo de Goiás é imprescindível em um momento de franca expansão no número de casos de Covid-19 e de expansão da pandemia para o interior do Estado. “A suspensão da temporada no Rio Araguaia se tornou necessária tendo em vista a preservação da vida e a proteção da saúde dos goianos”, destaca.

O prefeito de Aruanã, Hermano de Carvalho, pediu a colaboração da população. “Vivemos um momento delicadíssimo com essa pandemia que assola o mundo e tem trazido enormes dificuldades a todos”, disse. “Conto com vocês, em nome da vida, em nome da saúde, precisamos da colaboração de todos para que, num futuro próximo, possamos estar juntos novamente. Fiquem em casa”, reafirmou ele.

“As medidas adotadas visam evitar aglomerações e, consequentemente, a disseminação do coronavírus entre os turistas e as populações de ribeirinhos, indígenas e outras comunidades mais vulneráveis”, destaca a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Andréa Vulcanis. “Sabemos que se trata de um evento de grande dimensão cultural para os goianos, mas devemos, sobretudo, persistir e insistir nas ações que visam a defesa irrestrita da vida”, pondera.

Alerta
Segundo o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, o decreto dá sustentação jurídica para que o Estado tome decisões sem ferir o direito das pessoas. “Estamos alinhados com o Ministério Público, que recomendou a não realização da temporada do Araguaia e nos questionou sobre as medidas para conter aglomerações”, afirma.

“Levamos em conta, também, a precariedade do sistema de saúde do Vale do Araguaia, o que é bastante preocupante devido ao alto nível de contaminação. O Estado decidiu desestimular a temporada para preservar a vida, sobretudo da população local”, diz.

As medidas de contenção da pandemia preveem multas que podem variar de R$ 1 mil a R$ 500 mil, conforme previsto na Lei Estadual nº 18.102/13 e no Decreto Federal 6514/08.

Dados do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o Novo Coronavírus (COE) apontam que o pico da pandemia deve acontecer entre junho e julho no Estado, justamente o período de maior movimentação de pessoas nos municípios próximos ao Araguaia.

De acordo com o decreto, ficam permitidas as atividades individuais ou unifamiliares, desde que os participantes apresentem atestados médicos de não infecção pela Covid-19 ou atestados de imunização à doença, dos últimos 15 dias, nas barreiras sanitárias que serão montadas nas vias de acesso às cidades inseridas na Bacia do Rio Araguaia.

Os comprovantes poderão ser solicitados a qualquer momento também pelas equipes de fiscalização. O decreto também obriga a utilização de máscaras de proteção e recomenda a desinfecção constante de mãos e superfícies com álcool 70%.

As medidas do Governo de Goiás se baseiam nas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e em estudos científicos que demonstraram que vários tipos de coronavírus, com características semelhantes à Covid-19, se mantém ativos em ambientes naturais de água doce, e se propagam com mais facilidade em locais com água estancada. Além disso, a falta de saneamento básico adequado na região é outro fator de potencial transmissão do vírus.

Maycllyn Carreiro faz balanço positivo de resultados da Iquego.

Pré-candidato à prefeito de Morrinhos, Maycllyn Carreiro desincompatibilizou da Indústria Química do Estado de Goiás para cumprir o calendário eleitoral de 2020.

Maycllyn que ocupava a função de Conselheiro Administrativo da estatal fez um balanço positivo da nova gestão indicada pelo Governador Ronaldo Caiado.

A Iquego, que estava desde 2013 com o parque fabril paralisação, retomou as atividades neste mês com a produção de álcool 70 inpm, gel e líquido, para atender a demanda de hospitais e repartições públicas.

A empresa também iniciará a fábricação de glicosímetro, aparelho para aferir nível de açúcar no sangue para a prevenção de diabetes.

Maycllyn destaque que a recuperação só foi possível graças a renegociação de dívidas e, principalmente, a redução de despesas, por meio de gestão séria e austeridade.

“Quando assumimos a IQUEGO o governo aportava quase R$ 2 milhões por mês para que a empresa pudesse se manter aberta e quitar seus compromissos. Hoje, nessa nova gestão, a Iquego não necessita mais de apoio financeiro do tesouro do Estado. Em breve voltará a ser um grande laboratório” afirmou Maycllyn.

A Iquego já foi o terceiro maior laboratório público do Brasil com mais de 400 funcionários.

Morrinhos: Pai é preso pela Polícia Civil suspeito de estupro dos proprios filhos

A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Morrinhos, na data de ontem (09/06/2020), logrou êxito em efetuar o cumprimento do mandado de prisão preventiva em desfavor de um indivíduo de 24 anos idade, o qual é investigado pela prática do crime de estupro de vulnerável, perpetrado em desfavor dos próprios filhos.

Destaca-se que, durante o mês de maio a Polícia Civil recebeu comunicação da ocorrência do crime de estupro de vulnerável e conforme descrição inicial era cometido pelo próprio pai em desfavor de duas crianças de 2 e 3 anos de idade, respectivamente.

Ademais, após investigações policiais efetuadas pela Polícia Civil, foi ofertada representação pela Prisão Preventiva do investigado, a qual foi devidamente decretada pelo Poder Judiciário.

Após a decretação, na data de ontem (09/06/2020), Policiais Civis da Delegacia de Morrinhos lograram êxito em localizar o indivíduo e efetuar a sua prisão.

Com a realização da prisão, o individuo foi interrogado em sede policial e, em seguida, encaminhado para Unidade Prisional de Morrinhos/GO.

Por fim, nos próximos dias as investigações serão concluídas e o Inquérito Policial devidamente encaminhado ao Poder Judiciário.

Fonte: Delegado Fabiano Henrique Jacomelis – (62) 98495-1233
Instagram: @fabianohjacomelis

Prefeitura proíbe atividades no Lago Municipal

A Prefeitura de Morrinhos, por meio da Superintendência Municipal de Esportes, comunica a suspensão temporária (por 15 dias) das atividades esportivas no Parque Recanto das Araras devido a realização de obras de infraestrutura no local.

A iniciativa também visa conter aglomerações causadas por uma parcela de munícipes que descumprem o decreto municipal com relação ao uso de máscaras e outras medidas de combate ao coronavírus.

O prefeito Rogério Troncoso confirma que a decisão entra em vigor a partir desta quarta-feira, dia 10 de junho, com o fechamento total da área pública. Entre os serviços ofertados pela Secretaria de Obras estão: substituição de pontes de madeira por passarelas de concreto com estrura metálica; recapeamento da pista de caminhada e ciclovia; limpeza; manutenção e poda de árvores.

Segundo Rogério, essa é uma melhoria que a administração vem buscando há algum tempo e uma necessidade que beneficiará toda comunidade. Por esse motivo, a Secretaria de Obras é responsável por coordenar os trabalhos e o Departamento de Posturas acompanhar a fiscalização.

Fonte: morrinhos.go.gov.br

IF Goiano – Campus Morrinhos torna público edital de seleção para contratação de professores substitutos

O Instituto Federal Goiano (IF Goiano) – Campus Morrinhos torna público edital de seleção para contratação de professores substitutos para as áreas de Alimentos e Química. Interessados podem se inscrever pela internet de 8 a 22 de junho

A seleção se dará por duas etapas: prova de desempenho didático, de caráter eliminatório e classificatório, além de prova de títulos, classificatória. O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 22 de julho 2020

Anexos1- Edital: PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO | 08/06/20 13:45:00