Governo de Goiás assina contrato com fabricante de produtos asfálticos que deve gerar mais de 100 empregos em Morrinhos

Investimento no distrito agroindustrial do município, administrado pela Codego, deve ser de até R$ 30 milhões, com previsão de início de operação ainda em 2020

Mais de 100 empregos diretos e indiretos devem ser gerados para a região Sul de Goiás com a instalação de uma nova empresa no Distrito Agroindustrial de Morrinhos (Daimo), administrado pelo Governo de Goiás, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego). O presidente da estatal, Hugo Goldfeld, assinou, nesta segunda-feira (17/08), contrato de cessão de uso de área com a Brasquímica, fabricante de produtos asfálticos que deve investir até R$ 30 milhões na planta fabril.

A localização privilegiada do parque industrial, às margens da BR-153 e a pouco mais de uma hora de trajeto até Goiânia, e os incentivos oferecidos pelo Estado contribuíram para a escolha do local, segundo os representantes da empresa.

Serão aproximadamente 20 mil metros quadrados de área para a implantação da indústria e o planejamento da Brasquímica é para que o empreendimento comece a operar ainda em 2020. Durante a etapa de construção serão contratadas 25 pessoas, todas de Morrinhos. Após a finalização da instalação, o empreendimento pretende gerar entre 90 e 100 postos de trabalho.

Com sede na Bahia, a Brasquímica Produtos Asfálticos atua no segmento de fabricação de emulsões asfálticas para pavimentação rodoviária, comercialização de asfaltos e transporte de produtos asfálticos. A empresa já possui uma filial em Itumbiara e pretende ampliar a sua capilaridade em Goiás com a nova indústria em Morrinhos.

O Daimo conta com 1,3 milhão de metros quadrados e oferece a infraestrutura necessária ao assentamento de empreendimentos industriais. O distrito agroindustrial conta atualmente com 16 empresas instaladas dos mais diversos segmentos.

Na semana passada, o governador Ronaldo Caiado participou da inauguração da Nutrien Ag Solutions, maior fornecedora de insumos e serviços agrícolas do mundo, também no Daimo. A empresa investe, além de Morrinhos, em outra fábrica em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal. Juntas, as duas estruturas vão criar cerca de 200 empregos, entre diretos e indiretos, além de movimentarem a cadeia produtiva das regiões. Estão sendo investidos R$ 60 milhões em Goiás na instalação das duas unidades.

Sobre a Codego
A Codego é uma empresa de economia mista sob controle acionário do Estado, jurisdicionada à Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços de Goiás (SIC), e tem por objetivo a promoção do desenvolvimento econômico mediante o desempenho de atividades de fomento para diversificação da economia, geração de emprego e renda e preservação do meio ambiente.