MORRINHOS: Vaga para menor aprediz

Salário:A combinar – Média salarial para Aprendiz

Cidade/Estado:Morrinhos / GO

Tipo de Vaga:Aprendiz

Descrição:

Ter ;Estar cursando ou já ter finalizado o Ensino Médio;

Não estar cursando Ensino Superior;

Cortesia no atendimento;Comprometimento;

Relacionamento interpessoal;

Espírito de de trabalho:

Auxiliar nas atividades administrativas e rotinas de vendas da loja;

Auxiliar no pré-atendimento ao cliente;Apoiar os vendedores na organização das promoções do dia;

Auxiliar no atendimento telefônico da loja;Auxiliar na organização, elaboração e manutenção de arquivos;

Apoiar na realização de telemarketing;

Encantar e servir aos clientes através do de aprendiz ;Assistência Médica e Odontológica;

Vale Refeição ou Alimentação.

Para mais informações acesse: https://www.trabalhabrasil.com.br/vagas-empregos-em-morrinhos-go/aprendiz/5890161?utm_campaign=google_jobs_apply&utm_source=google_jobs_apply&utm_medium=organic

MORRINHOS: VAGAS PARA VENDEDOR (A) EXTERNO(A)

Segundo Grau Completo
Remuneração: Comissão e Premiação (Remuneração mínima de R$ 1.250,00)
Jornada de trabalho: Segunda a Sexta das 8 ás 18h e aos Sábados das 8 às 12h
Benefícios: Plano de Saúde – Unimed
ATRIBUIÇÕES
Prospecção de clientes (presencial e virtual)
Participação em show room e eventos como feiras
Preenchimento e entrega de relatórios diários, semanais e mensais, bem como a digitalização dos mesmos
Fechar contrato de vendas
Desenvolvimento de técnicas para vendas e negociações
Saber lidar com as reclamações, sendo prestativo, atencioso, bem informado
Negociação do preço do produto ou serviço, prazo e condições de pagamento
Demonstração de produtos
Atendimento ao cliente, escutando-o com atenção, informando e os visitando na pós-venda
Analisar os dados do público-alvo e possuir um bom entendimento sobre produto e serviço a fim de elaborar estratégias de vendas
Organização de datas de entregas e retiradas dos produtos ou instalação de serviços
Executar as atividades relacionadas à venda de produtos ou serviços externos com toda a área de vendas e marketing
Cumprir regras de atendimento e vendas

Para mais informçoes acesse: https://br.linkedin.com/jobs/view/vendedor-a-externo-a-morrinhos-goi%C3%A1s-at-mac5-treinamentos-recrutamento-e-consultoria-2259068792?utm_campaign=google_jobs_apply&utm_source=google_jobs_apply&utm_medium=organic

Vacinação contra covid-19 começa nesta segunda às 17h em Goiás

Governador Ronaldo Caiado (DEM) afirma que vacinação em Goiás terá início às 17h desta segunda-feira (18). Ele recebeu os 87.172 frascos da primeira remessa da CoronaVac, desenvolvida pelo Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, cedida ao Estado. Imunização irá priorizar idosos e trabalhadores da área de saúde. O cronograma no estado deve ser anunciado por Caiado em entrevista coletiva a ser realizada ainda nesta manhã.

O cronograma oficial do Ministério da Saúde previa o início de vacinação  para a próxima quarta-feira (20), mas o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, antecipou a data após reunião com os governadores de Goiás, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

A prioridade desta primeira leva de vacinação é para pessoas institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas, indígenas e profissionais da saúde na linha de frente de combate à covid-19.

As caixas saíram do centro de distribuição de logística do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo. As doses da CoronaVac também serão distribuídas em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e companhias aéreas que farão o transporte gratuitamente.

A  Agência Nacional Vigilância (Anvisa) liberou o uso emergencial de 6 milhões de doses das vacinas CoronaVac e AstraZeneca no Brasil durante evento realizado na manhã de domingo (17).

Vacinação contra Covid-19 em Goiás começa de forma imediata, anuncia Caiado

Vacinação contra Covid-19 em Goiás começa de forma imediata, anuncia Caiado

Governador vai até São Paulo nesta segunda-feira (18/01), a convite do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para receber primeiras doses do imunizante que serão destinadas ao Estado. “Estrutura de vacinação está totalmente pronta e organizada”, destaca

O governador Ronaldo Caiado anunciou neste domingo (17/01) que vai embarcar nesta segunda-feira (18/01) para São Paulo, onde vai recepcionar as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 que serão destinadas para Goiás. Segundo Caiado, assim que o imunizante chegar ao Estado, a vacinação começará de forma imediata. “Na mesma hora que ela chegar aqui, será distribuída, de acordo com os grupos prioritários, a todos os municípios”, destacou o governador durante coletiva de imprensa. Na ocasião, Caiado estava acompanhado do ministro da Educação Milton Ribeiro, que visitou local de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Goiânia.

O convite para participar da solenidade no Estado paulista foi feito pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. “Estou decolando de Goiânia às 4 horas da manhã para receber as vacinas que serão aplicadas nas pessoas que compõem o grupo de risco”, disse Caiado. Por conta da agenda fora de Goiás, os compromissos do governador que estavam previstos para o início da manhã desta segunda-feira foram adiados.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, neste domingo, por unanimidade, o uso emergencial das vacinas das Universidade de Oxford e AstraZeneca e a da Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e o Instituto Butantan. Ronaldo Caiado destacou que, mesmo antes da aprovação, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), já estava se preparando para o início da imunização. “Nossa estrutura de vacinação está totalmente pronta e organizada”, declarou.

Até esta segunda-feira (18/01), mais de 1 milhão de kits de seringas e agulhas serão entregues aos 246 municípios goianos. A ação faz parte do Plano Estadual de Vacinação para que as cidades estejam preparadas para dar início à imunização dos goianos. Inicialmente, a expectativa é a de que idosos e profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 sejam priorizados. A previsão é que Goiás receba 7% do total de vacinas adquiridas nacionalmente pelo Ministério da Saúde, mantendo a proporcionalidade em relação aos outros Estados.

O governador goiano alertou que o momento deve ser de respeito a todos os brasileiros e ao Plano Nacional de Imunização. “Esse plano não dá prioridade para Estado A ou B. Ele tem um respeito a todos independente do Estado que o cidadão viva. Fazer uma vacinação fora de um Plano Nacional é algo que mostra que a vaidade política fala mais do que a solidariedade ao ser humano”, afirmou. Caiado destacou que “questão de saúde pública não é questão política e nem de ordem pessoal”.

Pacientes do Amazonas
Questionado se o Estado teria estrutura para receber pacientes vindos do Amazonas, o governador esclareceu que o Governo de Goiás firmou uma parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio do Hospital das Clínicas, para recepcionar as pessoas acometidas com a Covid-19 daquele Estado. “Estamos cedendo 120 leitos para receber os pacientes de Manaus. Isso mostra o espírito do goiano, ou seja, somos solidários”, afirmou.

Atualmente, a estrutura do Estado para atendimento de pacientes com Covid-19 conta com 253 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 447 de enfermaria. São sete Hospitais de Campanha (Porangatu, Goiânia, Jataí, Luziânia, Formosa, Itumbiara e São Luís de Montes Belos), além de unidades próprias que oferecem atendimento para pacientes vítimas de Covid-19, como o Hospital de Doenças Tropicais (HDT), Hospital de Urgência Governador Otávio Lage (Hugol), Hospital Estadual De Jaraguá Sandino de Amorim (Heja) e Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana).

Fotos: Solimar de Oliveira

Legenda
Em visita a colégio estadual que recebia prova do Enem, governador Ronaldo Caiado anuncia em coletiva que vacinação em Goiás começará de forma imediata assim que imunizantes chegarem ao Estado: “Questão de saúde pública não é questão política e nem de ordem pessoal”

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Governo de Goiás entrega mais de 1 milhão de seringas e agulhas aos municípios

Governo de Goiás entrega mais de 1 milhão de seringas e agulhas aos municípios

Distribuição dos kits foi iniciada na sexta-feira (15/01) para as 18 Regionais de Saúde, que farão repasse do material para as cidades goianas. Estado está preparado para iniciar vacinação contra Covid-19 com qualquer uma das vacinas existentes

Na corrida para a vacinação da Covid-19, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), entrega, até a próxima segunda-feira (18/01), mais de 1 milhão de kits de seringas e agulhas aos 246 municípios goianos. A ação faz parte do Plano Estadual de Vacinação para que as cidades estejam preparadas para dar início à imunização dos goianos assim que as doses forem enviadas pelo Ministério da Saúde (MS). “No momento em que o governo federal nos entregar a vacina, nós imediatamente faremos a redistribuição aos municípios”, afirma o governador Ronaldo Caiado.

Os kits de seringas e agulhas adquiridos pelo Estado começaram a ser distribuídos pela SES-GO na sexta-feira (15/01) para as Regionais de Saúde localizadas em Campos Belos, Catalão, Itumbiara, Porangatu, Uruaçu, Ceres, Goianésia, Rio Verde e Jataí. As Regionais Central e Centro -Sul também receberam os insumos. Ao longo deste fim de semana o material está sendo enviado para Anápolis, Luziânia, Formosa, Posse, Cidade de Goiás, São Luís de Montes Belos e Iporá. Já os municípios de Goiânia e Aparecida de Goiânia, os maiores do Estado, receberão diretamente os insumos na segunda-feira (18/01).

O secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, explica que essa remessa de kits enviada aos municípios já será usada na primeira fase da imunização contra a Covid-19 e que outras distribuições serão realizadas no decorrer da campanha. “Goiás se antecipou e já tem seringas e agulhas suficientes para a vacinação. Não precisamos esperar chegar esses materiais, eles já chegaram e vão estar em todos os municípios antes que as doses da vacina, que serão encaminhadas pelo Ministério da Saúde, estejam no Estado”, pontua.

Alexandrino destaca ainda que a compra de 2,5 milhões seringas e agulhas, somada ao estoque de mais 1,3 milhão de kits, é o suficiente para vacinar cerca da metade da população goiana. “Há cerca de 7 milhões de habitantes em Goiás. O Estado tem 3,8 milhões de kits. Estima-se que há de 1,5 a 1,8 milhão de pessoas nos grupos de risco aqui. Temos insumos suficientes para proteger a população goiana”, detalha Ismael. Ele ainda esclarece que, de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19, Goiás receberá 7% do total de vacinas adquiridas nacionalmente pelo MS, mantendo a proporcionalidade em relação aos outros Estados.

Inicialmente, a expectativa é a de que idosos e profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 sejam priorizados. Entretanto, ainda é necessário aguardar ajustes do governo federal sobre a estratificação das faixas etárias, no caso da população idosa. O secretário observa ainda que, neste primeiro momento, a totalidade de 7 milhões de goianos não será imunizada, pois a vacinação de crianças e gestantes ainda não está prevista para 2021, visto que é necessário aguardar estudos sobre a aplicação das doses nesses grupos.

Legenda:
“Não precisamos esperar chegar esses materiais, eles já chegaram e vão estar em todos os municípios antes que as doses da vacina estejam no Estado”, destaca o secretário de Estado da Saúde de Goiás sobre o 1 milhão de kits de seringas e agulhas entregues às cidades goianas

Fotos: Britto

Secretaria de Estado da Saúde – Governo de Goiás